Salve, salve galera!!!

Hoje queremos partilhar com vocês sobre o TECPUC Ilhas, que aconteceu no último final de semana, na Ilha de Superagui, em Guaraqueçaba/PR.

Foram 42 pessoas envolvidas, entre professores, alunos (Médio e Técnico) e colaboradores.

O projeto, que existe desde 2012, iniciou nas Ilhas de Poruquara e Tibicanga, a partir de um anseio pastoral e pedagógico em oferecer aos alunos um conhecimento atrelado a experiência em favor da vida e da comunidade, oportunizando o exercício da cidadania e da solidariedade.

Passando por 15 edições, contemplando a participação de mais de 500 alunos dos diversos cursos oferecidos pelo TECPUC, já esteve presente também na Ilha Rasa e agora na Ilha de Superagui. Com o objetivo de promover a troca de experiências, o conhecimento científico/ tecnológico somado aos valores maristas através da prática da solidariedade, o projeto busca favorecer todos os envolvidos por meio da troca de experiências, convivência, diálogo e partilha de vida.

Os alunos têm a oportunidade de desenvolver os conhecimentos adquiridos em sala de aula, em favor da comunidade na Ilha e através da interação local podem absorver o conhecimento transmitido pelos moradores nativos, tendo contato com a natureza e com os costumes da comunidade.

Nesta 15ª edição a Pastoral do TECPUC ousou abordar toda comunidade interna, envolvendo além dos alunos e professores dos cursos técnicos, aos quais o projeto foi pensando, quis-se atingir também o Ensino Médio através da PJM (Pastoral Juvenil Marista) e do Projeto Revitalize que tem tamanha importância no desenvolvimento da ecobiologia interior entre seus participantes. A partir do sentimento de pertença e chamado ao voluntariado duas colaboradores das áreas administrativas do TECPUC também se interessam, fizeram os processos de formação e se dispuseram a enfrentar esse desafio juntamente com os demais envolvidos.

Com o intuito de levar aos alunos do TECPUC não apenas um conhecimento de qualidade em sala de aula, o projeto TECPUC Solidariedade Ilhas leva os alunos a experimentar de maneira concreta um ensino de excelência passando por um processo de crescimento humano e solidário despertando nele uma consciência mais ética, justa e solidária capaz de transformar conceitos, comportamentos e atitudes conforme os preceitos de Champagnat.

Veja alguns depoimentos dos participantes:

Essa foi a 3° edição do Projeto Ilhas que tive a oportunidade de participar. Cada vez é uma oportunidade única de conhecer uma comunidade incrível e com tanta gente acolhedora. Dessa vez não foi diferente. Fomos muito bem recebidos pelos moradores da Ilha que nos acolheram como muito carinho e nos fizeram sentir como se estivéssemos em casa. Fazer oficinas com as crianças nos remeteu que não precisamos de muito nessa vida para chegar ao final do dia com um sorriso no rosto de deves cumprido. Uma experiência que ficará marcada por muito tempo! (Matheus Rosa – Ex aluno TECPUC).

Vivendo e sentindo o natural e necessário. Superagui, meu até breve. Obrigado a todos os colegas envolvidos, fomos unidade TECPUC, coadjuvantes em meio a grandiosidade do paraíso e o carisma empolgante e motivador da comunidade. Lembrando que nem sempre é bom ser protagonista, como é valioso ser instrumento e suporte para um propósito, ter a chance de observar e realizar. Temos muitas pessoas por trás de nós, estruturas basilares, coadjuvantes sem os quais não somos ou seremos. Gratidão é palavra que define cada momento, cada história que compartilhamos, olho no olho. Por muitos dias e momentos como este aqui registrado. (Felipe Cunha – Aluno PUCPR)