Já está no ar a tão esperada Missão solidária Marista Ir. Miguel Angel 2017. Uma atividade formativa que tem o objetivo de promover a educação para a solidariedade, possibilitando ao jovem uma experiência vivencial na formação e sensibilização por meio da imersão em realidades sociais desafiadoras e de vulnerabilidade social.

Para acompanharmos mais de perto essa experiência convidamos uma jovem missionária que está participando pela primeira vez da Missão para dar, diariamente, seu depoimento sobre as diferentes atividades e vivências. A jovem é Julia Leite, aluna do colégio Marista Pio XII da cidade de Ponta Grossa, até o ano de 2013, atual acadêmica de Engenharia civil na Universidade Estadual de Ponta Grossa. A jovem está participando da MSM na cidade de Londrina no Paraná com mais 104 jovens das cidades de Londrina, Cascavel, Toledo, Dourados, Maringá e Ponta Grossa. Vamos acompanhá-los cada dia em suas experiências, através dos relatos dessa jovem que os representa.

A jovem fala sobre sua expectativa da Missão e sobre a família que a está acolhendo como filha durante a semana da atividade:

“A missão para mim é uma experiência muito rica, não só de aprendizado, mas também de autoconhecimento. Espero conhecer muita gente nova, trocar experiências com outras pessoas, aprender a colocar-me no lugar do outro. Transformar a vida das pessoas, fazer a diferença de alguma forma e também ser transformada por elas”.

“Quem veio me buscar no primeiro dia foram as irmãs de minha mãe e depois nos encontramos com minha mãe, meu pai e com duas irmãs adolescentes. Fomos bem recepcionados, eles são muito bacanas. Quiseram saber tudo sobre Ponta Grossa. Acho importante ficar em uma família da comunidade para conhecer a realidade do local da missão, pois não adianta você fazer as coisas, os gestos concretos e visitar as famílias, sem conhecer a verdadeira realidade, sem viver e sentir aquilo mesmo do jeito que é.”