No segundo ato a missionária Júlia nos conta sobre a formação que tiveram na missão.

Olha só o que ela nos relata:

“ O dia de hoje foi de grande importância para nossa formação enquanto missionários. Tivemos palestras sobre os locais nos quais atuaremos, discutimos sobre os símbolos de nossos grupos, afim de identificar seus significados. Recebemos a explicação dos símbolos, que são as representações dos valores Maristas. Fizemos a dinâmica de trocar os calçados com os outros missionários e refletimos, vivendo o colocar-se no ‘lugar do outro’ e a importância de cultivar e praticar os valores Maristas. Mais tarde recebemos o cronograma das atividades e dicas para realizá-las. Então, nos reunimos com os grupos para partilhar as primeiras experiências com as famílias e as expectativas para a missão. Enfim, escrevemos nossas sensações, anseios e o que já vivemos em um papel, colocando então em uma mala, a qual representava a força na união do grupo. ”