ser marista

abr 7
SER MARISTA | SÃO BENTO DO SUL

SER MARISTA | SÃO BENTO DO SUL

Postado por PJM em Partilha , ,

Salve, galera!

 

Na última sexta-feira de março, o Setor de Pastoral fez uma visita na Escola de Educação Básica de São Bento do Sul/SC, para conhecer mais sobre a realidade local.

Que inspirador!! É uma escola que inspira e expira Marista.

Todos os alunos são muito acolhedores, bem como as professoras.

Em todas as salas que a equipe entrou, os alunos manifestavam sua grande alegria em ser marista e o amor pela missão de Champagnat.

 

Os jovens da PJM também preparam um texto muito bonito sobre o Ser Marista!

É um lugar apaixonante.

Que a nossa Boa Mãe ilumine a vida de todos e todas que constroem com tanta alegria o sonho de Marcelino.

abr 16
Não ardia nosso coração?

Não ardia nosso coração?

Postado por PJM em Experiência Formativa, Marista sou , ,

Salve, salve galera!

Tudo certo?

Hoje temos muitas notícias boas!!

Pela manhã iniciamos o encontro Carisma e Compromisso do Laicato Jovem Marista. O encontro conta com cerca de 70 jovens, unidos por um propósito: Dar continuidade a caminhada marista.

Durante o encontro, os jovens são chamados a refletir sobre a caminhada dos discípulos de Emaús. Nesta passagem, logo após a morte de Jesus, os discípulos caminhavam com o coração aflito, sem saber o que aconteceria e sentindo falta Daquele que a pouco alegrara seus corações com tanto amor e verdade.

Assim também, muitos são os jovens que acreditam que a caminhada marista acaba a partir do momento que saem da unidade. Porém, essa passagem nos chama a refletir: é necessário continuar a caminhar, e com alegria, porque o Cristo vivo caminha ao nosso lado.

Também recebemos a presença do Ir. Lanfrey, um dos maiores pesquisadores do Ir. Francisco Rivat, sucessor de Marcelino. Com isso, juntamos as nossas reflexões sobre Emaús com a caminhada do instituto.

Sempre que morria o fundador de alguma congregação, o itinerário normal era que a instituição se enfraquecesse e até viesse a acabar. Contudo, com a morte do Padre Champagnat, o Irmão Francisco anima aos irmãos para que a missão continue. Anima-os para que a herança deixada por Marcelino Champagnat frutifique e cresça forte.

O sonho não pode acabar!

E assim, até hoje, quase 200 anos depois, os jovens são chamados a continuarem a caminhar, continuarem a tornar Jesus Cristo conhecido e amado. Seguindo as orientações de Champagnat, serem reconhecidos: “Vejam como eles se amam!”

“O jovem Champagnat, com seus 28 anos, recém-completados e sua opção de vida assumida vocacionalmente como sacerdote, ao subir em peregrinação até Fourvière, leva sobre os ombros todos os jovens que vão segui-lo ao largo da história atraídos por seu carisma”. (Herdeiros da Promessa)